Vídeo produzido pela CSP-Conlutas explica como ficam as aposentadorias e benefícios do INSS após a votação do 1° turno da Reforma da Previdência e convoca um Dia Nacional de Atos e Mobilizações no dia 6 de agosto para barrar esses ataques.

A luta ainda não acabou. O governo ainda precisa votar o 2° turno na Câmara e dois turnos no Senado. Com luta é possível impedir que essa reforma seja aprovada definitivamente!

No próximo dia 6, Rodrigo Maia quer concluir a votação na Câmara. A CSP-Conlutas está convocando um Dia Nacional de Atos e Mobilizações nos Estados no dia 6 e também chama as centrais a marcarem uma nova Greve Geral.

É preciso que as direções das demais centrais deixem de apostar nas negociações com este Congresso. Fizeram isso no 1° turno e isso facilitou a aprovação do texto na Câmara. Negociação desta reforma é traição!

É preciso que parem de fazer corpo mole e realizem um forte dia de luta no dia 6 de agosto, bem como marquem desde já uma Greve Geral para o dia 13 de agosto.

Não ao “acordão”. A CSP-Conlutas não faz parte dessa negociação espúria e chama suas entidades e movimentos a organizarem a luta e irmos pra cima desses picaretas!