Dois parlamentares do PSL, um federal e outro estadual, invadiram a sede do Colégio Pedro II, na zona norte do Rio de Janeiro, na última sexta-feira,11.

Eles são os mesmos que, durante a eleição, quebraram a placa em homenagem à vereadora carioca Marielle Franco, durante um comício do então candidato ao governo do Rio, Wilson Witzel, em setembro do ano passado.

Em nota, o ANDES Sindicato Nacional repudia o ato dos parlamentares e classifica como inaceitável e truculento. No documento, a entidade ainda cobra providências legais e solidariza-se com a comunidade do Colégio Pedro II.

Leia a nota

Fonte: ANDES-SN