Depois de um 2019 impossível, o Café Filosófico da ANDESUFSC teve sua última edição para dar leveza e ânimo para o próximo ano, sem perder de vista a luta dos docentes, técnicos e estudantes para garantir a universidade pública de qualidade e para todos.

A temática “Retrospectiva 2019” tinha o objetivo de responder algumas questões latentes em todos os docentes e àqueles que compõem o espaço universitário. Como o país chegou à atual situação? Que perspectivas os momentos político e social apontam? Afinal, 2019 deixará alguma lição?

“Este ano foi de muito ataques aos direitos sociais, principalmente aos serviços e servidores públicos, mas também foi de muita luta, muita gente na rua, o que demonstra disposição e ascensão da organização de movimentos sociais, de juventude e sindicais”, disse a presidente do ANDESUFSC, Adriana D’Agostini.

O encontro aconteceu ontem (28) no Centro de Desportos (CDS) da UFSC, mas para não desanimar ninguém de um 2020 melhor, atividades culturais também rechearam a programação, com destaque aos 10 anos de reorganização da seção sindical, com a exposição de bordados das memórias dos serventuários.

“O último Café Filosófico do ano foi repleto de boa música, carinho, amizade e recordações e um balanço político do ano”, afirmou a presidente da seção sindical.

Apesar de ressaltar o encontro entre amigos e as recordações, Adriana também lembrou que neste difícil ano a UFSC sofreu ataques de diversos setores, mas a comunidade universitária da instituição se destacou como uma das maiores protagonistas das ações de enfrentamento em todo o país. “Isto nos traz cada vez mais a convicção de que a luta e a resistência valem a pena e mudam a vida”, afirmou.

A presidente terminou ressaltando a importância, a solidez e as ações de luta em defesa da educação pública, gratuita, laica e de qualidade socialmente referenciada e desejando um bom fim de ano aos professores da ANDESUFSC. “No ano que vem retornaremos com mais Cafés Filosóficos, agregando arte, política e ciência”, garantiu.

O Café Filosófico é uma iniciativa do ANDESUFSC e acontece uma vez por mês ao longo do ano. Os docentes têm a oportunidade de participar de debates e promover um espaço de cultura; sem contar a atividade “troca-troca”, podendo ser um livro, um objeto, uma roupa, enfim, o que desejar trocar.

 

 

 

Fonte: ANDESUFSC