Em 22 de março, o Brasil vai à luta contra a Reforma da Previdência

2019-03-15T18:55:11+00:0015 de março de 2019|

A Reforma da Previdência faz parte do eixo central da atuação do governo Bolsonaro, e vai rifar o futuro da classe trabalhadora em nome dos lucros do mercado financeiro e da oferta de ainda mais privilégios para os banqueiros.

O movimento sindical já está articulado para defender a aposentadoria e o futuro dos trabalhadores brasileiros.

Como parte das ações para barrar essa proposta, as principais centrais sindicais do país estão convocando o dia 22 de março como uma data de mobilização e de luta contra a Reforma da Previdência.

Paralisações serão realizadas em todo o Brasil, com atos, manifestações artístico-culturais e ações de conscientização, diálogo e panfletagem. A ANDESUFSC irá aderir ao movimento com panfletagens ao longo da semana e a mobilização para o grande ato na sexta-feira (22).

Todos os docentes representados pela seção sindical estão convocados desde já para participar da organização desse grande dia de enfrentamento à Reforma.

É com disposição, união e disseminação de informações que a classe trabalhadora irá vencer esse ataque e manter seus direitos previdenciários. Quem defende a Previdência de caráter social vai às ruas no dia 22! Participe!

Fonte: ANDESUFSC

 

PROGRAMAÇÃO

De 18 a 22 de março

Panfletagem das 7h às 9h e das 17h30 às 19h30

Local: Terminal de Integração do Centro (Ticen)

Dia 22

Ato em defesa da Previdência

Das 7h às 9h: Panfletagem no Ticen

Das 10h às 15h (horário a confirmar): Seminário de formação para dirigentes sindicais para explicar a Reforma da Previdência, no Tribunal de Contas (palestrantes a confirmar).

Às 17h: Concentração no Ticen para o ato em defesa da Previdência e contra a Reforma

X