O Fórum Sindical, Popular e de Juventudes de Luta pelos Direitos e pelas Liberdades Democráticas lançou propostas para garantir condições mínimas de vida à população durante o isolamento social devido à Covid-19. Participam do Fórum movimentos sociais, estudantis, entidades sindicais – entre elas o ANDES-SN -, e organizações políticas da cidade e do campo.

O documento cita 15 pontos indispensáveis para garantir a vida da população, como o fechamento das fábricas e comércios não essenciais; a garantia dos empregos e dos salários dos trabalhadores; suspensão das contas de luz, IPTU e água; distribuição gratuita de álcool em gel e produtos de limpeza para a população; produção de equipamentos de proteção para os profissionais da saúde; utilização da estrutura da rede privada de saúde para acolher gratuitamente as pessoas que necessitam de atendimento; ampliação de programas de renda mínima, assim como a prorrogação do seguro-desemprego.

Além disso, as entidades propõem a revogação da Emenda Constitucional 95 do Teto dos Gastos Públicos, das reformas da Previdência e Trabalhista e das medidas que retiram direitos trabalhistas; a taxação das grandes fortunas, suspensão do pagamento dos juros da dívida pública e mais investimentos em Educação, Ciência, Tecnologia e Saúde públicas.

“Nesse momento, temos que cobrar do Estado um papel maior em defesa da vida, na garantia dos direitos, principalmente, da classe trabalhadora mais pauperizada. O período anterior foi de agravamento da crise política, social e econômica, já que o plano do Paulo Guedes não deu certo, e a pandemia agravou essa situação. Então, nós, como classe trabalhadora, temos que dialogar com o conjunto da classe e apresentar uma saída. Essas propostas se constituem em um programa mínimo com medidas que devem ser adotadas neste período de pandemia”, disse Antonio Gonçalves, presidente do ANDES-SN.

O Fórum ainda pretende realizar outras ações. Uma delas é a realização de programas de rádio que abordarão temas como o mundo do trabalho, crise econômica, saúde e educação.

Fórum

O Fórum Sindical, Popular e de Juventudes de Luta pelos Direitos e pelas Liberdades Democráticas foi lançado em São Paulo em 2019. O ANDES-SN é uma das entidades que compõe o espaço e a sua participação no Fórum foi uma deliberação do 38º Congresso do Sindicato Nacional.

Confira aqui as propostas na íntegra

Fonte:ANDES