A abertura da exposição com memórias de luta da ANDESUFSC aconteceu na última segunda-feira (30 de setembro), no Hall do Centro de Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A exposição Linhas de Luta faz parte das atividades culturais em comemoração aos dez anos da reorganização da Seção Sindical do ANDES-SN na UFSC. A exposição permanecerá no local até 18 de outubro.

Homenagens e depoimentos emocionantes marcaram a abertura do evento que contou com cerca de 60 pessoas. A amostra, composta por 29 fotografias bordadas, organizada pelas docentes Olinda Evangelista e Susan Mariot, , reconta histórias de ações coletivas dos docentes da UFSC.

As fotos do acervo do sindicato são ressignificadas nas mãos de 29 bordadeiras que transpuseram, na composição artística, tempos de resistência. “As obras revelam essa relação de luta, política, ciência e arte”, contou Adriana D’Agostini, presidente da Seção Sindical do ANDES-SN na UFSC.

A exposição de poesias ficou por conta do professor Maurício Roberto, que cantou e apresentou um texto poético feito exclusivamente para a celebração.

“A arte é fundamental para o desenvolvimento humano, em todas as nossas dimensões. Ela auxilia a desenvolver uma sensibilidade e emoção a partir de questões políticas, sociais e de luta. Esse desenvolvimento da sensibilidade também nos alimenta a continuar lutando”, afirmou Adriana.

As atividades comemorativas foram antecipadas devido à disponibilidade do local. O aniversário será no dia 5 de novembro, dez anos após realização da assembleia que decidiu pela reorganização da seção sindical do ANDES-SN na UFSC.

Fonte: ANDESUFSC

[/fusion_text][/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]