As seções sindicais do ANDES-SN participarão do Carnaval de 2020 levando às ruas do país as pautas da luta dos trabalhadores brasileiros e da educação pública, conforme a deliberação do 39º Congresso do ANDES-SN. No Plano de Lutas foi aprovada a mobilização “Bloco na rua em defesa da educação pública” de 21 a 25 de fevereiro em diversas partes do país.

Para levar a pauta dos docentes aos foliões, o ANDES-SN produziu artes para leques, que trazem como tema a luta contra o Future-se e em defesa dos serviços públicos. O material foi divulgado por meio de Circular para que as Regionais e as seções sindicais possam imprimi-las. Para o Sindicato Nacional é importante a participação dos docentes e do movimento sindical nas festas de carnaval.

A Associação dos Docentes da Universidade Federal da Paraíba (ADUFPB- Seção Sindical do ANDES-SN) se organiza no Bloco Corujas e sai junto com o bloco Cafuçú na sexta-feira (21), às 20h, na Praça Dom Adauto (Praça do Bispo), em João Pessoa. Os docentes sairão com camisas e faixas destacando os ataques aos serviços e servidores públicos.

Na cidade de Ouro Preto (MG) a Associação dos Docentes da Universidade Federal de Ouro Preto (Adufop SSind.), em unidade com a Assufop e Sinasefe IFMG, encabeça o bloco Sindicátis, que sairá no próximo sábado (22), às 14h, na rua Diogo de Vasconcelos, 408, na Estação.

Em Dourados (MS), o Sindicato dos Professores da Universidade Federal da Grande Dourados (ADUF-Dourados SSind.) sairá em trio elétrico nas ruas da cidadade. O Bloco de Carnaval da ADUF ocorre na terça-feira (25), a partir das 16h. Entre as atrações: Parasitas da Balbúrdia e Trio Elétrico com show do grupo Charanga de Alegria do Campo Grande.

Já os docentes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) saem no Bloco Minerva Assanhada, que está de volta com o enredo “UFRJ, 100 Anos de Arte, Ciência e Balbúrdia”. A retomada do bloco, criado em 2003, é uma iniciativa conjunta do Fórum de Ciência e Cultura (FCC), da Associação dos Docentes da UFRJ (Adufrj – SSind.) e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da UFRJ (Sintufrj) e entre outras entidades. O bloco sairá nos dias 3 e 20 de março, às 16h, com concentração na Reitoria, no Fundão, e no prédio do DCE, Praia Vermelha, respectivamente.

Nos demais estados, os docentes também participarão de blocos de carnaval e bailes que incorporarão a crítica social e a mobilização política à maior festa popular do Brasil.