Docentes de universidades públicas federais e estaduais do Nordeste se reuniram na sede da Adufs Seção Sindical, entre os dias 25 e 26 de outubro, para discutir a conjuntura nacional na área da educação e os desafios a respeito dos investimentos públicos e direitos da categoria.

Com o tema “Metamorfose dos Institutos Federais, CEFET e Instituições de Ensino Superior Pública e a desestruturação da Carreira Docente”, o Seminário Interregional de Carreira e Verbas das Secretarias Regionais Nordeste I, II e III do ANDES–SN, abordou questões como orçamento público e o corte de verbas da educação no Brasil; carreira docente, salário e o desmonte do Estado promovido pelo governo; verbas, fundações e dívida pública.

O objetivo do Seminário foi promover uma reflexão coletiva sobre a conjuntura nacional na área da educação, especialmente no que diz respeito aos investimentos públicos em educação e aos direitos de professoras e professores.

Benedito Libório, 2º vice-presidente​ da regional Nordeste III do ANDES-SN, destacou o Seminário como um espaço de resistência ao cenário de “ataques aos professores e professoras por parte do Governo Federal, por meio de decretos e medidas que desestruturam a carreira e retiram nossos direitos de afastamento, colocando em xeque a soberania nacional, quando corta recursos para pesquisas”, avaliou.

O Seminário foi também um momento de reafirmar o diálogo e a construção coletiva entre os diferentes segmentos da sociedade como estratégia de defesa da democracia e da educação pública. Entidades como Diretório Central dos Estudantes da UFS, Pastoral da Juventude e Fórum das Associações Docentes das Universidades Estaduais da Bahia também participaram do evento.

*com informações Adufs Seção Sindical 

Compartilhe…

Fonte: ANDES–SN